Notícias

Crédito automóvel: Taxa máxima vai descer em 2020

24
Feb

 

As taxas máximas do crédito automóvel e pessoal vão cair durante o primeiro trimestre de 2020.

No caso dos cartões de crédito a taxa máxima irá manter-se no mesmo valor, já fixado no último trimestre do ano, em 15.7%.

 

No caso do crédito automóvel há reduções em quase todas as modalidades de crédito. No caso de ALD (Aluguer de Longa duração), a taxa máxima cai para 4,3%, para carros novos e 5,7% para carros usados.

No crédito com reserva de propriedade a taxa máxima desce para 9,5% para carros novos e mantém-se a mesma para carros usados, 12,2%.

Relativamente ao crédito pessoal também, existiram descidas. Créditos relativos a financiar educação, saúde energias renováveis e locação financeira vai cair para 6,3% enquanto que para os restantes tipos de créditos pessoais será de 13,1%.

 

A concorrência que existe, para o crédito aos consumidores, é umas das razões para a descida do juros praticados, e acabou por refletir-se nas taxas máximas calculadas pelo BDP (Banco de Portugal).

As taxas aqui representadas, são referentes a taxa máxima que as instituições financeiras podem praticar.